Operar no mercado de ações tem se tornado uma tarefa cada vez mais acessível a qualquer pessoa em qualquer lugar do planeta nos dias atuais, graças à evolução da tecnologia e do acesso às informações sobre os mais diversos assuntos usando penas a internet e um computador ou smartphone.

E são muitas as opções e modalidades de operações disponíveis para os traders de todo o mundo. Entre elas, está a modalidade Swing Trade, que permite ao operador realizar operações de curto e médio prazo, que podem se estender por alguns dias ou até por algumas semanas.

Se você ainda não sabe o que é Swing Trade, acompanhe nosso artigo de hoje e saiba como utilizar esta modalidade em suas operações e como operar com ela no mercado de ações.

 

O que é Swing Trade?

O Swing Trade é um estilo de operação que permite ao trader realizar operações que podem variar entre alguns dias e até algumas semanas. Nesta modalidade de operação é comum fazer uso de gráficos de períodos mais longos, em geral, de 1 hora.

Também é possível realizar acompanhamento do mercado e da operação com gráficos mais elásticos, com períodos de 4 horas, por exemplo, ou até mesmo gráficos diários. Tudo depende de cada operação e do método de trading de cada trader.

Por se tratar de uma modalidade de operação cuja permanência na posição se mantém por apenas alguns dias, os custos envolvendo as operações Swing Trade acabam sendo menores que as operações em Day Trade. Os riscos também são menores e, em mercados com tendências formadas, as chances de sucesso na operação acabam sendo maiores.

 

Quais as vantagens do Day Trade?

A principal vantagens do método Swing Trade é permitir que a exposição ao risco do trader seja menor que em uma operação de Day Trade, por exemplo. Além disso, a modalidade Swing Trade oferece uma possibilidade real de retornos mais elevados em cada operação.

Outro diferencial do Swing Trade é oferecer ao operador maior tranqüilidade em relação ao acompanhamento do mercado. Enquanto os traders que opera em Day Trade precisam estar atentos a cada oscilação, o operador da modalidade Swing Trade não precisa, necessariamente, acompanhar o mercado ponto a ponto permitindo que o trader possa exercer outra atividade ao longo dos dias.

 

Por que operar Swing Trade?

Realizar operações utilizando Swing Trade pode ser uma excelente opção não só para profissionais que atuam no mercado de ações, mas também para traders que gostam de operar no mercado financeiro, mas que ainda não vivem exclusivamente de seus traders. Deste modo, é possível realizar suas operações no mercado e exercer, paralelamente, outra atividade profissional.

Os riscos acabam sendo menores que operações em Day Trade e a chance de lucros maiores acaba sendo maior. Realizar operações em Swing Trade, portanto, pode ser uma excelente opção para quem deseja realizar suas operações sem se expor tanto ao risco, como no caso dos trades intradiários.

 

Quem pode realizar Swing Trade?

Qualquer pessoa pode realizar Swing Trades, desde que tenha acesso à internet e a uma corretora regulamentada para este fim, permitindo que você opere de qualquer lugar do mundo, quando quiser. Trata-se de uma modalidade bastante abrangente, que pode ser utilizada por todos os operadores do mercado financeiro.

 

Como aprender a realizar Swing Trades?

Para ter sucesso em suas operações, é fundamental estudar o mercado, conhecer estratégias, organizar sua rotina de trading e identificar o risco de cada operação. Com estudo e perseverança, no entanto, qualquer um pode aprender a operar e usar a liquidez e a volatilidade do mercado ao seu favor e a favor de suas operações.