De acordo com fonte ouvida pela Reuters, número de clientes da Apple Music nos EUA já é maior que o número de assinantes dos serviços do Spotify em território norte-americano

 

O serviço de streaming de música da Apple, o Apple Music, superou o seu concorrente Spotify em número de assinaturas pagas nos EUA, de acordo com a agência de notícias Reuters. A possível crescente do Apple Music sobre o rival ocorre em meio a uma batalha por clientes e por um maior espaço no mercado, travada entre as gigantes do streaming.

De acordo com a Reuters, uma fonte familiarizada com o assunto afirmou que o serviço de streaming de música da Apple alcançou o patamar de 28 milhões de assinantes no final do mês de fevereiro de 2019, ante os 26 milhões de assinantes pagos do Spotify no mesmo mês. Somada a versão gratuita do app de música, no entanto, o Spotify estaria ainda à frente da Apple Music.

Atualmente, ambas as empresas cobram US$ 9,99 por mês pela assinatura dos seus serviços nos Estados Unidos.

 

Briga entre gigantes

O possível avanço do Apple Music nos EUA sobre o streaming Spotify ocorre no momento em que a Apple busca alavancar sua receita oriunda de serviços – como o streaming. Este movimento acontece também em meio a uma forte disputa entre as duas empresas.

No mês passado, o Spotify registrou uma queixa antitruste contra a Apple na União Europeia. De acordo com o Spotify, a Apple estaria dificultando o processo de inovação no setor ao oferecer vantagens competitivas ao seu próprio serviço de música, o Apple Music.

Uma das principais queixas do serviço de streaming de música em relação à gigante da tecnologia é quanto a uma cobrança de 30% sobre qualquer venda de serviços de terceiros por meio de aplicativos disponíveis na App Store. O Spotify também afirmou que a empresa fundada por Steve Jobs dificulta a manutenção de sinergias entre os apps e produtos e tecnologias da Apple, como a Siri e o Apple Watch.

 

Número de assinantes

Como nenhum dos dois serviços divulga seus números consolidados por país, é difícil precisar se, de fato, a Apple Music ultrapassou o Spotify em número de assinantes nos EUA, como informou a fonte ouvida pela Reuters. Esta informação, no entanto, não é nova, e também já havia sido relatada pelo Wall Street Journal há algumas semanas – aumentando ainda mais as especulações sobre a disputa e os ânimos entre Apple e Spotify.

Independente das especulações, é bastante seguro afirmar que, ao menos por ora, em números consolidados de usuários mundiais, o Spotify segue bastante à frente da rival.

No final de 2018, na última contagem oficial divulgada pela Apple, de acordo com a Revista Forbes, o Apple Music detinha mais de 40 milhões de usuários pagos em todo o mundo. Já o Spotify informou, em seu último relatório trimestral, que possui mais de 67 milhões de assinantes pagos fora da América do Norte – em um total de 96 milhões de assinantes pagos no mundo.

Segundo a Forbes, o número total de usuários ativos no serviço de streaming Spotify – somando os usuários pagos e gratuitos – chega a 207 milhões.