Segundo a agência de notícias Bloomberg, encontro entre Donald Trump e Xi Jinping para assinatura de um eventual acordo comercial entre China e EUA poderá acontecer no próximo mês

 

O presidente norte-americano, Donald Trump, e o presidente da China, Xi Jinping, podem chegar a um acordo para o fim da guerra comercial entre as nações no próximo mês de abril, de acordo com informações da agência de notícias Bloomberg. Segundo fontes ouvidas pela agência, o encontro entre os dois líderes não deve acontecer mais no mês de março, como se previa anteriormente.

Ambos os países vêm negociando desde o mês de dezembro do ano passado no sentido de buscar uma solução para a disputa comercial entre as economias. A princípio, entretanto, a expectativa era que Xi Jinping e Donald Trump se encontrassem no dia 27 de março – informação que foi confirmada pelo Wall Street Journal no início do mês.

O novo encontro entre os presidentes estaria previsto agora para o mês de abril, no Mar-a-Lago (Flórida), quando poderá ser assinado um acordo comercial entre China e EUA. Uma negociação poderia dar fim à guerra comercial, que já se estende há mais de um ano.

 

“Sem pressa”

Na última quarta-feira (13), o presidente Trump reduziu a urgência de assinar um acordo com a China já neste mês. O presidente norte-americano reconheceu como genuínas as preocupações em Pequim sobre a possibilidade de os EUA abandonar as negociações referentes à guerra comercial – como ocorreu com a Coreia do Norte, semanas atrás, mas se mostrou disposto a levar as negociações até um acordo final.

“Poderíamos fazer isso de qualquer forma. Podemos concluir o negócio e entrar e assinar ou podemos concluir o negócio e negociar alguns dos pontos finais. Eu preferiria isso (a segunda opção)” disse Trump a repórteres em Washington.

O discurso de Trump corrobora com as informações divulgadas pelo secretário de Comércio dos EUA, Robert Lighthizer, nesta semana. Segundo ele, existem ainda “grandes questões” não resolvidas nas conversações entre os países, com poucos sinais de avanço em assuntos mais difíceis.

A Casa Branca não confirmou as informações divulgadas pela Bloomberg a respeito da possibilidade do encontro entre Donald Trump e Xi Jinping e de um acordo para o fim da guerra comercial no mês de abril.