Expectativa do serviço de mensagens corporativas é alcançar uma avaliação de mercado de US$ 10 bilhões; preferência seria por uma listagem direta no mercado norte-americano

 

O serviço de mensagens e colaboração corporativa SlackTechnologies encaminhou à Securities and Exchange Comission (SEC ) – órgão regulador do mercado norte-americano, nesta semana, um pedido confidencial para uma oferta pública inicial de ações (IPO), que poderia ocorrer em breve por meio de uma listagem direta. De acordo com a agência de notícias Reuters, a expectativa da empresa é para uma avaliação de mercado de US$ 10 bilhões.

De acordo com uma fonte com conhecimento no assunto entrevistada pela Reuters, a empresa ainda não especificou o número de ações a serem oferecidas em seu IPO ou a faixa de preço para a oferta. Apesar isso, a preferência da companhia seria por uma listagem – excluindo os bancos de investimento do processo, como ocorreu com na oferta pública inicial de ações do Spotify, e permitindo que acionistas da empresa vendam suas ações no mercado sem a necessidade de intermediários.

 

 

Por se tratar de um pedido confidencial de IPO, não há ainda informações precisas sobre a listagem do serviço de mensagens na bolsa norte-americana. A expectativa, entretanto, é que o processo ocorra ainda neste ano.

 

Sobre o SlackTechnologies

O Slack foi lançado no ano de 2013 e tem como principal característica permitir que equipes e empresas se comuniquem por meio de grupos de maneira instantânea – uma opção a e-mails e outros aplicativos de mensagens disponíveis atualmente no mundo. Entre seus principais concorrentes no mercado mundial estão o Google Hangout, o Cisco Webex e o Microsoft Teams.

Recentemente, a companhia levantou mais de US$ 1,2 bilhão de dólares em 11 rodadas de injeção de capital. Nos últimos cinco anos, o número de clientes pagantes da SlackTechnologies avançou mais de 50%, alcançando a marca de 85 mil usuários.